08/08/2007

" ASSOBIAR PARA O LADO"


Fofas e figuradas nuvens
cintilam raios algodoados de Sol
por entre elas, como amantes,
amando-se num indestrutível Arco-Íris.
Talvez… poético.
Seguramente inverdade.

Pesadas e carregadas nuvens
transportam enormes cubicagens,
monóxido de carbono, a ácida chuva,
outros gases letais, estufando efeitos,
o verde definhando.
Não tão poético.
Seguramente verdadeiro.

A paródia assim ganha espaço
Nunca teme o exagero, é
Uma opção de vida.
Parodiando,
presta-se homenagem ao parodiado!

Ou será que a nuvem algodoada de sol,
não é a mesma do monóxido de carbono?
Inocência?
Desconversando…
A nuvem é, já em si, uma paródia.

Sem comentários: